Vômitos em cães: sintomas, causas, diagnósticos e tratamento

2.33 avg. rating (57% score) - 3 votes

O vômito em cães têm diversas causas, como a ingestão de comida de pessoas, parasitas, doenças do estômago ou desequilíbrio em eletrólitos. Algumas doenças também podem causar vômitos em cães devido a uma acumulação de toxinas no sangue. Tudo isso resulta em gastrite, condição que se refere a uma inflamação do estômago. O tratamento depende da causa da condição e pode incluir mudanças na dieta e/ou medicação.

Para ter uma melhor ideia sobre o que está acontecendo com o seu animalzinho e poder ajudá-lo, confira abaixo alguns dos principais sintomas, causas e tratamentos para os vômitos em cães.

Sintomas de vômitos em cãesSintomas de vômitos em cães

Cachorros vomitam uma variedade de coisas. Pode ser comida do próprio cachorro não digerida ou parcialmente digerida ou matéria não identificável. Pode ser majoritariamente líquida. Pode ter várias cores como vômito amarelos, vômito verdes e  vômito com espuma branca. Tome nota sobre o que o vômito se parece e se existem outros sintomas que o acompanham, como diarréia. Ao levar seu cãozinho ao veterinário, ele irá precisar dessa informação.

Se o seu cão vomita uma ou duas vezes, geralmente não há razão para correr para o veterinário. Mas se ele vomita várias vezes, no entanto, e parece incapaz de manter qualquer coisa em seu organismo, incluindo fluídos, uma visita ao veterinário é mais que necessária.

 

 

Causas de vômitos em cães

As possíveis causas para vômitos em cães são as mais variáveis possíveis. Elas incluem:

Problemas com a dieta alimentar; Parasitas (isso pode ser confirmado com amostra de fezes);
Alergias alimentares; Desequilíbrio eletrolítico (pode ser confirmado por exame de sangue);
Sensibilidade a algum ingrediente; Úlceras no estômago; Câncer de estômago;
Excesso; Uremia (Sinais de insuficiência renal);
Comida estragada; Tosse forte;
Alimentação humana; Objeto estranho envolvido em torno da língua;
Ingestão de itens estranhos, como algum pequeno objeto da casa ou plantas; Toxinas ou envenenamento do cão;
Alimentos crus; Medicamentos;
Ingestão de pêlos; Grama.

Viu quantas possíveis causas? Algumas delas podem ser deduzidas após refletir o que o cão ingeriu nas últimas horas, mas os casos mais complexos e graves de doenças podem ser confirmados ou descartados após visita ao veterinário e os exames adequados.

Tratamento de vômitos em cães:Tratamento de vômitos em cães

Após ver o nosso cão sofrendo ao vomitar, nada mais normal do que procurarmos imediatamente alguma forma de tratamento, não é mesmo? Primeiramente, se ele está tomando algum medicamento, entre em contato com o seu veterinário antes de iniciar um tratamento em casa e suspender a medicação.

Para tratar o vômito do seu cão em casa, siga as dicas a seguir:

Não dê água ou alimentos por 2 horas: se o seu cão não consegue armazenar comida no organismo, você deve reter alimentos e água por 2 horas. Isso permitirá que o seu sistema digestivo consiga se reequilibrar e descansar. Alimentar muito cedo é uma das causas mais comuns de continuação de problemas de estômago.

Forneça água após as 2 horas se o cão parou de vomitar e está se sentindo melhor: após 2 horas ou mais, forneça água para o seu cão. Ao longo das próximas 12 horas, aumente aos poucos a quantidade de água fornecida. Se o cão não parar de vomitar, espere mais horas. Alimentar ou beber líquidos muito cedo contribui para mais vômitos. Se o vômito continua após a água, retenha por mais uma hora. Depois de algumas horas, forneça cubos de gelo e perceba se o cão consegue ingeri-los sem colocar para fora. Se o vômito não parar, consulte um veterinário.

Dieta suave e só depois a dieta regular: depois de 12 horas sem problemas de vômito, ofereça uma dieta branda para o seu cão. Introduza pequenas quantidades em um tempo em que o cão consiga tolerar os alimentos. Em geral, o recomendado é oferecer 1/2 xícara de comida para cada 9 quilos de peso do cão. Se o vômito continua, consulte o seu veterinário.
Durante os próximos três dias, alimente o cão com uma mistura de dieta branda e, aos poucos, chegue novamente a sua alimentação regular. No quarto dia, a dieta normal pode ser retomada.

O tratamento veterinário para os vômitos em cães irá se concentrar em resolver os problemas mais imediatos, como a desidratação. Ao mesmo tempo, o veterinário também irá examinar o cãozinho e visualizar o seu histórico médico e dietético. Caso ele esteja desidratado, o veterinário irá administrar fluídos por via subcutânea.

Ficou alguma dúvida sobre os sintomas, causas e tratamento dos vômitos em cães? Não deixe de compartilhar todas as suas experiências e dúvidas conosco!

 

Vermes em cães tipos e sintomas

Cachorro com diarréia: o que fazer e o que pode ser

 

Publicado em 2 de dezembro de 2014

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não