Já ajudou 0 pessoas

Quero um gato: e agora?

5.00 avg. rating (95% score) - 1 vote

Você está pensando em adotar um gatinho? Além de fofos, companheiros, tranquilos e brincalhões, eles gostam de ter a sua independência respeitada. Tudo isso faz com que os bichanos sejam pets incríveis para ter em casa. Mas será que você é um bom dono para um felino? Está preparado para isso? Tem tempo e condições para cuidar de um gato por mais de 15 anos? Responder positivamente a essas questões é essencial antes de adotar um gatinho!

Será que você está preparado para ter um gatinho de estimação?gato de estimação

As duas coisas que você deve saber antes de adotar um gato é se você está pronto para isso e se será um bom tutor. Você conhece bem o temperamento de um felino? Gatos são muito diferentes de cães e é importante que você saiba disso e tenha a certeza de que ele é o animal ideal para ser seu pet.

Embora muito carinhosos, gatos não são tão grudados quantos os cachorros. Não vão esperar abanando o rabo nem pular em você quando você chegar do trabalho. Pode ser até que ele recebam você e ronronem, mas se não fizerem isso, é importante que você não se decepcione. Não significa que não gostam de você. É que eles não estavam com vontade de interagir e preferiram continuar quietos no canto deles, entende?

Mesmo independentes, eles precisam de atenção. Você tem tempo para isso? Eles também precisam brincar e serem estimulados a se movimentar. Isso por pelo menos 15 anos de vida. Você está preparado?

Além disso, requerem diversos cuidados como ração adequada, vacinação, água fresca, caixinha de areia sempre limpa, escovação, controle de parasitas, medicamentos caso adoeçam, visitas frequentes ao médico veterinário, cama confortável e quentinha, muito amor e carinho. Você tem condições de oferecer e custear tudo isso? Tem tempo hábil para cuidar bem de um gato de estimação? E a sua família, aceita bem um gato em casa?

Lembre-se de que a adoção ou compra de um animal é um compromisso que você assume por toda a sua vida. Por isso, além de você querer ter o pet, é preciso que toda a família esteja de acordo. Por exemplo, se tiver uma pessoa alérgica na casa, a sua família não pode ter um gato e você precisa desistir da ideia.

A casa precisa ser preparada para elegatos-na-janela-cuidados

Se até agora você se encaixou bem em todas as necessidades que o bichinho precisa, chega a hora de pensar no seu lar. Caso more em apartamento, precisará colocar telas nas janelas para evitar que ele tente pular e se machuque. Além disso, alguns condomínios têm restrições a animais de estimação. Embora legalmente você possa ter um gato em casa, se o seu condomínio tiver alguma objeção quanto a isso, pode ser que você tenha alguns incômodos. Esteja preparado.

É válido lembrar que nenhuma convenção de condomínio pode tentar impedir que você tenha um gato de estimação, de acordo com a legislação. Basta que você siga as regras básicas de higiene que ninguém poderá reclamar.

Se você se sente apto e pronto para enfrentar todas as necessidades felinas, é só escolher o seu e adotá-lo. Depois, não se esqueça de contar pra gente como foi essa experiência!

Milena Godoy – Médica veterinária formada pela Universidade Federal do Paraná 

Publicado em 18 de janeiro de 2016

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não