Já ajudou 2 pessoas

Parvovírus Felino

4.78 avg. rating (95% score) - 18 votes

Parvovírus Felino em filhotes de gatos, saiba como é transmitido, quais os sintomas da doença, qual a Vacina contra o parvovírus, quando vacinar, preço médio da vacina e etc.

O Parvovírus felino é o responsável pela Panleucopenia Felina, uma doença viral grave que atinge principalmente filhotes de gatos, a mortalidade gira em torno de 90% por ser um vírus facilmente transmissível e extremamente resistente.

Parvovírus Felino – Como é transmitido

O contágio é feito por contato direto entre os gatos doentes, fomites (potinhos de água, ração, caixas sanitárias, caminhas, etc.) e também por aerossóis quando o trato respiratório está comprometido. Após a recuperação da doença, o vírus pode ser eliminado por 6 semanas!
Quando gatas prenhes são infectadas, os gatinhos podem nascer com lesões cerebelares, que são melhor observadas quando eles começam a andar, entre outras má formações.
A panleucopenia deve ser considerada em todo caso agudo de vômitos e diarreia em gatinhos jovens, principalmente quando a vacinação está incompleta.

Parvovírus Felino – Sintomas

A doença caracteriza-se por:

  • Febre
  • Perda de apetite
  • Prostração
  • Vômito
  • Diarreia
  • Úlceras orais
  • Desidratação severa
  • Morte súbita (que muitas vezes é confundida com envenenamentos)
  • Parvovírus Felino – Diagnóstico

    O diagnóstico é feito pela avaliação clínica e exames laboratoriais, como o hemograma que vai revelar uma panleucopenia severa (diminuição de todas as células brancas do sangue).
    O prognóstico é de reservado a ruim, devido à rápida desidratação e à pouca idade que geralmente os doentes apresentam. Os animais doentes requerem um tratamento intensivo, trabalhoso e dispendioso, entretanto aqueles que sobrevivem aos 5 primeiros dias têm grande chance de recuperação, isso porque a patogenicidade do vírus se torna reduzida após esse período.

    Parvovírus Felino – Prevenção

    A prevenção da panleucopenia se dá pela correta vacinação dos filhotes e pela revacinação anual, para que os níveis de anticorpos permaneçam seguros!
    A vacinação contra complexo respiratório felino e panleucopenia (tríplice felina) deve ser realizada em todos os filhotes, com revacinação anual.

    Parvovírus Felino – Reações após a vacina

    Podem ocorrer rações vacinais, como febre, falta de apetite, vômitos e diarreia, secreções oculares e nasais, dor e edema no local da aplicação, além de reações de hipersensibilidade. Deve-se informar o veterinário imediatamente em caso de reações, pois só o veterinário pode identificar se realmente se trata de uma reação vacinal e tratar adequadamente.

    Parvovírus Felino – Quando Vacinar?

    Todos os filhotes de gatos devem receber a primeira dose de vacina tríplice por volta de 60 dias de idade e mais duas doses de reforço com intervalo de 21 a 28 dias. Depois dessa primeira vacinação, devem receber reforços anuais. No caso de animais com risco de clamidiose ou leucemia, o protocolo é feito com a vacina quádrupla ou quíntupla, respectivamente.

    Vacinação em Gatos – Preço médio

    O custo de uma vacina varia de acordo com a região da clinica, mas o preço médio é de 80 reais para a tríplice 60 reais para a quadrupla e quíntupla e 45 reais para a antirrábica, lembrando que a vacina contra a raiva (antirrábica) é fornecida gratuitamente pela prefeitura dos municípios, no centro de controle de zoonoses.

    Vacina para gatos

    Dra. Beatriz Rose Mattes
    Médica Veterinária CRMV – SP 19478

    Publicado em 10 de outubro de 2013

    Este conteúdo ajudou você?

    Sim Não