Obesidade em cães: nutrição e atividades físicas para controlar e reduzir o sobrepeso

5.00 avg. rating (95% score) - 1 vote

Como reduzir e controlar o peso em cães. Atividade física e um plano alimentar pode ajudar consulte um especialista médico veterinário.

De acordo com a Associação Médica Veterinária Americana, cerca de 40% dos cães nos Estados Unidos estão acima do peso ideal. No Brasil, as estimativam aponta que 30% dos cães estão com sobrepeso.
Para a médica veterinária Cristiane Batistela e para o professor de nutrição animal José Domingues, em artigo científico sobre a obesidade em cães, entre as causas mais frequentes para a obesidade canina está o fornecimento de alimentos que são ricos em gordura, como bolachas, chocolates, petiscos, bordas de pizza, restos de lanches de redes de fast food e sobras de comidas.

Mas afinal, o que é de fato a obesidade em cães?o que é de fato a obesidade em cães

A obesidade em cães segundo a dupla de especialistas, é o acúmulo excessivo de gordura nos locais de estoque adiposo do corpo, o que provoca o excesso ponderal que varia de 15% a 20% acima do peso fisiológico ideal. O resultado é a deterioração das funções orgânicas, prejudicando, assim, a boa saúde e o bem-estar.

As guloseimas que não fazem parte da dieta dos cães não são a única causa para a obesidade canina. O problema é, geralmente, gerado por uma associação entre o aumento da ingestão calórica e pela redução no gasto calórico, devido à diminuição na prática de atividades físicas ou modificações hormonais e no metabolismo. Os fatores genéticos também influenciam, sendo que as fêmeas costumam sofrer mais com a obesidade do que os machos.

Muitas vezes, os donos dizem que o animal está “fofo” e têm dificuldade em lhe negar comida. No entanto, é preciso sempre pensar que a obesidade costuma ser a porta de entrada para diversas doenças, o que pode acabar diminuindo o tempo de vida do cão.

Cães obesos o que fazer: Controle e redução da obesidadeCães obesos o que fazer

Para manter a saúde do cão e conseguir garantir que ele fique longe da obesidade, é preciso consultar frequentemente um médico veterinário de confiança. O profissional vai investigar as causas do sobrepeso e vai traçar a melhor estratégia para o animal recuperar o peso ideal, definindo o plano alimentar e ainda a rotina de atividades a serem realizadas.

Além da alimentação saudável, controlar e reduzir a obesidade vai exigir algumas mudanças de hábitos para os proprietários. De acordo com a médica veterinária Patrícia Batistela e o professor de nutrição animal José Domingues, algumas medidas devem ser adotadas:

Os cães devem ser recompensados somente com brinquedos e carinhos, não com comida. Assim, o cão não vai esperar receber alimentos quando fizer algo correto e se habituar a comer somente nos momentos corretos;
O dono deve limitar tanto os horários quanto o local onde o cão é alimentado, estimulando o hábito;
A comida dos cães deve sempre ser colocada em uma vasilha adequada e no chão;
Evite fornecer alimentos ao cão usando as mãos;
Estimule as atividades físicas para que o cão aumente os gastos calóricos ao longo do dia;
Siga a recomendação do médico veterinário com relação à quantidade de comida que deve ser dada diariamente ao animal;
Redobre os cuidados com a obesidade com os cães machos e fêmeas castrados, pois eles tendem a engordar mais do que os não castrados.
Com a alimentação adequada e atividades físicas incluídas na rotina, os cães poderão ter uma vida mais saudável e longa.

 

Publicado em 2 de dezembro de 2014

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não