Já ajudou 1 pessoas

Border Collie… tudo sobre a raça

Border Collie… tudo sobre a raça
50 votes, 4.78 avg. rating (95% score)

Raça Borde Collie: tudo sobre a origem, temperamento, alimentação, cuidados com a raça, saúde, nutrição, atividades física, doenças frequentes, casos clínicos, adestramento, preço de mercado e etc.

Border Collie – História da Raça

O Border Collie é descendente de landrace collies , um tipo amplamente encontrados nas Ilhas Britânicas.
O nome para a raça veio de seu provável local de origem ao longo da fronteira anglo-escocesa . Menção do “Collie” ou “Colley” tipo apareceu pela primeira vez no final do século 19, embora a palavra “collie” é mais do que isso e tem sua origem em dialetos da planície Scots. Pensa-se também que a palavra “collie” vem da palavra celta velho para útil. Muitos dos melhores Collies Border hoje pode ser rastreada até um cão conhecido como cânhamo Velho .
Em 1915, James Reid, secretário do Internacional Sheep Dog Society (ISDS) no Reino Unido usado pela primeira vez o “Border Collie”, para distinguir os cães registrados pelo ISDS do Kennel Club Collie ‘s (ou Collie Scotch , incluindo a Rough Collie e Collie ), que veio originalmente do mesmo estoque de trabalho, mas tinha desenvolvido uma forma diferente, introdução aparência padronizada seguinte para mostrar o anel em 1860 e mistura com outras raças. O Border Collie é extremamente enérgica, acrobático e atlético, eles freqüentemente competem com grande sucesso em esportes do cão , além de seu sucesso na sheepdog ensaios , e são frequentemente citado como o mais inteligente de todos os cães. Em janeiro de 2011, um Border Collie foi relatado para ter aprendido 1022 palavras, e age conseqüentemente a citação humana dessas palavras.

Border Collie – Informações

  • Raça: Border Collie
  • Origem: Grã- Bretanha
  • Porte: Médio
  • Grupo: Pastores e Boiadeiros
  • Finalidade: Cães de companhia, cães de agility e cães de pastoreio
  • Adestramento: O número 1 em inteligência e trabalho
  • Pelagem: Moderadamente longa e lisa
  • Cores: Sólidas, Merles e Tricolores
  • Expectativa de vida: 13 a 16 anos
  • Atividade física: Alta
  • Cuidados especiais: Escovação Semanal
  • Personalidade do Border Collie: Tenaz, trabalha pesado e com grande sociabilidade. Perspicaz, alerta, receptivo e inteligente. Jamais nervoso ou agressivo
  • Características do Border Collie: Muito ativo fisicamente e mentalmente
  • Cachorro para apartamento: Não
  • Cachorro para casa: Sim
  • Preço médio no mercado: De 1.500,00 a 2.800,00

 

Border Collie – Comportamento

  • É um companheiro infinitamente entusiasmado e cheio de energia.
  • Brincalhão e muito bom com crianças.
  • Um pouco reservado com estranhos.
  • Se dá bem com outros cães e animais de estimação.
  • Faz melhor com recompensa treinamento baseado em jogos envolvendo alimentos, ou elogios.
  • Border Collie aprende rápido e gosta de aprender coisas novas.
  • Border Collie sem um trabalho para fazer ou sem estímulo mental pode se tornar frustrado e destrutivo.
  • Border Collie não é uma raça para pessoa preguiçosa.
  • Border Collies de linhas de trabalho tendem a ser mais ativos do que os de linhas de companhia ou show.
  • Alguns Border Collies podem latir muito.
  • O Border Collie é um concorrente líder em esportes de obediência, agility e pastoreio.

 

Border Collie – Atividade Física

  • Border Collie é um cachorro muito ativo e brincalhão, que gosta de ter um trabalho a fazer.
  • Border Collie precisa de um longo prazo ou período de exercício todos os dias, além de algumas sessões curtas de jogos.
  • Border Collie adapta-se bem em parques.
  • Jogos e truques fornecem exercício mental necessário.
  • Pastoreio é sua atividade favorecida.
  • Flyball, agilidade e disco de captura também são atividades que exercitam a mente o corpo e que os Border Collies gostam.

 

Border Collier – Pelagem

  • Em ambas, a pelagem de cobertura é densa e de textura média, sub pelo macio e
    denso, fornecendo boa proteção contra intempéries.
  • Na variedade de pelagem moderadamente longa a abundância de pelos forma uma juba, culotes e pincel.
  • Na face, orelhas, anteriores (exceto para franjas) e posteriores do jarrete ao solo o pelo
    deve ser curto e liso.

 

Border Collie – Necessidades de Nutrição

  • Border Collies tendem a permanecer em bom peso, ou até mesmo ser um pouco magro.
  • Border Collies adultos devem ser alimentados com uma ração equilibrada, com calorias restritas.
  • A dieta durante o crescimento dos filhotes de Border Collies condiciona a saúde do cachorro na fase adulta.
  • A plena satisfação das necessidades nutricionais do Border Collie em crescimento possibilita assegurar esta etapa crucial em sua vida.
  • Como regra geral, a dieta de um cachorro deve levar em conta, sem qualquer excesso ou deficiência, as características específicas da espécie canina, raça e a diversidade de tamanhos, além de sua capacidade de digerir os nutrientes de forma adequada.
  • Filhotes de Border Collies devem ser alimentados com uma ração de filhotes com alto conteúdo de vitaminas.

 

Border Collie – Cuidados com a Saúde

Vacinação

  • Vacinar seu cão Border Collie  vai prevenir doenças como: Parvovirose, Cinomose, Leptospirose entre outras doenças.
  • Além de garantir sua imunidade frente a doenças perigosas e fatais, ao vacinar seu cachorro você contribui para a saúde pública, pois algumas das doenças de cães que as vacinas previnem, como a raiva e a leptospirose são zoonoses, ou seja, atingem também os seres humanos.

 

Vermifugação

  • Vermifugação em cães é uma rotina que deve ser adotada de tempos em tempos, conforme orientação de um veterinário, independentemente da presença ou não de vermes intestinais no organismo do cachorro.
  • Os vermes intestinais podem estar presentes nos cães principalmente em filhotes desde o seu nascimento.
  • A vermifugação irá auxiliar no bem-estar e na saúde do seu cão, fazendo com que ele elimine estes vermes.
  • O mesmo vermífugo utilizado para a eliminação dos vermes é também administrado como medida preventiva.

 

O Pet Shop Portal Adverte: Nunca medique seu melhor amigo sem o consentimento de seu medico veterinário, em casos de suspeitas de alguma doença leve-o a um profissional mais próximo de sua residencia

Border Collie – Doenças mais Frequentes na Raça

Em geral, o Border collie é um cachorro saudável com poucos problemas médicos, no entanto existem algumas doenças que são diagnosticadas com maior frequência nessa raça de cachorro como as descritas abaixo, porém recomendamos que os donos e futuros donos façam uma avaliação periódica com seu médico veterinário de sua confiança.

Border Collie – Casos Clínicos

  • Displasia da anca , anomalia Collie olho (CEA), e epilepsia são consideradas as principais doenças genéticas de interesse na raça no momento.
  • CEA é uma malformação congênita, doença hereditária dos olhos que envolve a retina , coroide e esclera que às vezes afeta Fronteira Collies. Em Border Collie, é geralmente uma doença branda e raramente prejudica seriamente a visão.
  • Existe agora um DNA de teste disponível para CEA e, através da sua utilização, os criadores podem garantir que eles não vão produzir filhotes afetados.
  • Existem diferentes tipos de testes disponíveis, incluindo hip OFA (Orthopedic Foundation for Animals) e PennHip. Radiografias são recolhidas e enviadas a estas organizações para determinar o quadril de um cão e de qualidade cotovelo.

 

Recomendações Finais

Border collie é uma raça de cachorro maravilhoso para família, crianças e esportistas. Essa raça não é recomendado para viver em apartamento por ser uma raça de cachorro muito ativo e atlético, caso isso ocorra será necessário levar seu Border Collie para corridas diárias ou creches para cães onde profissionais qualificados irão proporcionar atividades necessárias para que o cão gaste sua energia e se sinta mais feliz.

Publicado em 18 de junho de 2013

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não
Dados cadastrados com sucesso